segunda-feira, 22 de fevereiro de 2010

FAMÍLIA REAL NA MANIFESTAÇÃO DE APOIO AO CASAMENTO E À FAMÍLIA Foto: Lusa Monarquia (Facebook)

Fotos: Facebook

6 comentários:

Anónimo disse...

É pena que SSAARR se tenham associado a esta triste manifestação.
As pessoas que organizaram isto não sabem do que falam, uma vez que o que está em causa nesta nova lei não põe em causa a família tradicional, que sempre existirá, e o direito ao referendo que é reivindicado não tem fundamento, uma vez que a lei não afecta a população toda mas apenas uma parte dela, e é só essa parte que se deve manifestar.
É bom lembrar que é nos países em que existe monarquia que já se permitem os casamentos de pessoas do mesmo sexo.

Jaime Eusebio disse...

Um Rei no meio da multidão, é uma imagem marcante... Sim, é verdade que são os países que têm monarquias os unicos que legalizaram casamentos gay até hoje. Embora com alguns silêncios ou posições contra por parte dos seus Monarcas, Como foi o caso da Rainha Sofia de Espanha que se manifestou o seu desagrado pela lei em Espanha. As familias reais serão sempre familias de um nucleo tradicional e assim se afirmão como exemplo para a restante sociedade. Aceitar familias menos tradicionais tambem não é facil para uma Familia Real, sobretudo que isso acarreta igualmente uma posição politica, que poderá criar alguns anti-corpos dentro dos mais tradicionais apoiantes das Monarquias!

Maria Menezes disse...

Isto é tudo fruto de governos socialistas.
A Família Real fez bem darem o exemplo e participarem na manifestação como cidadãos normais católicos e praticantes.
Na Mensagem do 1º de Dezembro, S.A.R., O Senhor Dom Duarte disse: "é na Família que se constroem os alicerces de educação, respeito e disciplina, tão necessários à organização social."

PPA disse...

Já foi tudo dito aqui, quando se expressou esta frase: "um Rei no meio da multidão".
Como democrata e português eu quero que o meu Chefe de Estado faça 3 coisas: fale connosco, tome posições e esteja connosco.
O Duque de Bragança, que é importante desde que nasceu e não precisa de protagonismos, faz tudo isso...há muitos anos (mesmo contra o Salazarismo).


Muito bem a Casa Real Portuguesa!
Senhor Duque de Bragança, o Senhor ou seu Filho Afonso, um de V. será Rei de Portugal...em breve, sendo este um processo já irreversível

Anónimo disse...

Acho que o Senhor Dom Duarte não devia ter participado. Passei por lá e só vi gente com ódio. Acho que o Senhor Dom Duarte se enganou ou foi enganado sobre o propósito da manifestação. Assim não dá.
Noronha da Costa

Aqui D'el Rey disse...

Um verdadeiro lider não pode tomar partidos. D. Duarte até pode ser contra, mas tem que saber destinguir a sua opinião pessoal dos assuntos do país.

Também será contra o aborto e o divórcio? Até pode ser, mas deve respeitar os portugueses que não são iguais à maioria. Isso sim seria uma atitude de um verdadeiro chefe de estado.

Não quer S.A.R. ser Rei de TODOS os portugueses?