domingo, 6 de janeiro de 2013

O REI, O BOLO REI E O DIA DE REIS

A Família Real há uns anos que partilha assim, os segredos da doçaria portuguesa. Este bolo com a sua forma de coroa, tem muita simbologia, pode dizer-se que este doce representa os presentes oferecidos pelos Reis Magos ao Menino Jesus. A côdea (a parte exterior) simboliza o ouro; já as frutas secas e as cristalizadas representam a mirra; por fim, o incenso está representado no aroma do bolo.
Os Reis Magos são personagens que vieram do Oriente, guiados por uma estrela, para adorar o Deus Menino, em Belém. O dia de Reis celebra-se a 6 de Janeiro, partindo-se do princípio que foi neste dia que os Reis Magos chegaram finalmente junto ao Menino Jesus.Em alguns países é no dia 6 de Janeiro que se entregam os presentes. Ao chegarem ao seu destino, os Reis Magos deram como presentes ao Menino Jesus: Ouro (oferecido por Belchior): este representa a Sua nobreza; Incenso (oferecido por Gaspar): representa a divindidade de Jesus; Mirra (oferecido por Baltasar): a mirra é uma erva amarga e simbolizava o sofrimento que Cristo enfrentaria na Terra, enquanto salvador da Humanidade, também simbolizava Jesus enquanto homem. Assim, os Reis Magos homenageram Jesus como Rei (ouro), como Deus (incenso) e como Homem (mirra).
A romã também é um fruto tradicional para o dia de Reis, visto ter uma coroa no topo. É tradição portuguesa comer romã no Dia de Reis.
Diz a tradição que, quem o fizer, terá abundância todo o ano.
Em tempo de crise este conselho é mesmo de aproveitar...  

UM BOM DIA DE REIS!

1 comentário:

André disse...

E já é dia de desmontar o Presépio e a Árvore de Natal... para o ano há mais, se Deus quiser. Feliz Dia de Reis, com muita paz e harmonia.

André Afonso