quarta-feira, 2 de setembro de 2009

BLOGUE ACÇÃO 288 b
Bem vindos
A criação deste blogue tem por objectivo primordial a alteração da redacção da alínea b) do artigo 288.º da Constituição da República Portuguesa, consagrando a abertura a outras formas democráticas de governo de Estado, bem como, por intermédio de critérios de rígida ética democrática, proporcionar a possibilidade de continentais, açorianos, madeirenses e emigrantes da vasta diáspora, escolherem, democrática e conscientemente, a forma de governo que realmente pretendem.
Viva o Senhor D. Duarte Pio, Viva o Senhor D. Duarte Nuno, seu pai de boa memória, Viva El-Rey D. Miguel I, seu bisavô e Rei porque genuinamente o Povo quis que Ele o fosse.
"A República foi feita em Lisboa e o resto do País soube pelo telégrafo. O povo não teve nada a ver com isso" (verdade prestada por João Ferreira Rosa)

Go on, palavras D´El-Rey
------------------------
OS AÇORES, O PRINCIPADO E A SUA BANDEIRA
Nunca descurando da visão estruturada e global de Portugal bem como dos países de expressão portuguesa que sempre caracterizou o Senhor D. Duarte Pio, incessantemente pioneiro e arauto na defesa primeira de Timor, quando este assunto, sublinhe-se, não era «moda», designadamente quanto às atrocidades cometidas àquele povo pelo antigo governo indonésio, assim, neste contexto, numa óptica deveras e assaz interessante da Região Autónoma dos Açores, poderia, num cenário de (re)continuidade de regime monárquico, ser um compósito estatutário do Reino Unido de Portugal, conforme referiu o Senhor Duque de Bragança ao jornal Açoriano Oriental (ver link http://www.acorianooriental.pt/noticias/view/185270 ).
Aproveitando esta lógica, ficaria como bandeira nacional a bela bandeira azul e branca, cores que sempre distinguiram Portugal ao longo de oito séculos, e para os Açores, que poderiam ser qualificados (e porque não...?) como Principado ou não fosse esta Região bem mais vasta em área e culturalmente mais dispersa do que o Mónaco, sendo que este micro Estado possui uma assinalável e distintiva projecção no mundo, em grande parte por ter a família Grimaldi no poder. Neste cenário, puramente ensaístico, fica uma proposta de bandeira para o Principado dos Açores:

(Clique na imagem para ampliar)

Fonte: http://accao288b.blogspot.com

3 comentários:

Albertina disse...

Gosto da Familia Real Portuguesa.não acho nada de mal voltarmos a ser uma Monarquia. Não me falem do Principado dos Açores.É uma parvoice. Acabem com o Partido Popular Monárquico e procurem fazer um referendo para que escolha Monarquia ou República. Voto Monarquia

Nuno Castelo-Branco disse...

Sinceramente e para evitar confusões, mantenham a bandeira açoriana tal como hoje existe. Coloquem a coroa sobre o açor. É mais fácil e não provoca controvérsia.

Maria Menezes disse...

Nuno, também concordo consigo porque a bandeira dos Açores é bem bonita e souberam conservar as cores de Portugal. O que falta mesmo é a coroa!